Páginas

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

A minha e nossa Santa Maria

    Hoje pensei em fazer uma postagem sobre a cidade que agora deixo para trás: Santa Maria. Pesquisei no google sobre imagens da cidade e bateu uma tristeza... As primeiras que aparecem são todas da tragédia da Kiss. Sei que infelizmente isso faz parte da história do município, mas também sei que somos mais do que isso. E isso me fez pensar no que Santa Maria significa pra mim, que posso resumir em uma palavra: desabrochar.
    Aqui foi onde me transformei em adulta, ao mesmo tempo que pude curtir coisas boas da adolescência. Conheci muita gente diferente, umas que levo comigo até hoje e outras que se perderam no caminho. Minhas lembranças daqui são todas intensas: ou muito boas, ou muito ruins. Foi aqui que iniciei minha vida acadêmica e tive tantas oportunidades de estágio, mas também foi aqui que vi as portas se fecharem profissionalmente por "falta de QI (quem indica)". Foi aqui que fiz muuuita festa com arrastapé, e também foi aqui que presenciei a tragédia da Kiss. Enfim, foram os anos mais intensos até aqui.
   Mas quero listar o que Santa Maria tem de bom, com suas devidas ilustrações:

- Temos a UFSM, que durante a semana é um centro de conhecimento, formação e informação, e aos finais de semana é um grande parque para qualquer tipo de lazer familiar (retrato de um dia de inverno no campus):


- Temos uma natureza ainda preservada e próxima a nós (momento registrado na Boca do Monte):


- Temos uma tímida vida cultural, mas que parece estar tomando fôlego ultimamente (registrado no famoso Theatro Treze de Maio):


- Temos uma vida religiosa ainda bastante marcada (registrada na Basílica da Medianeira, onde anualmente acontece uma das maiores romarias do estado):


- Temos uma história ferroviária de sucesso, mas que infelizmente virou passado:


- Temos uma rotina militar bastante intensa, e que traz muita gente pra cá (na foto, um dos quartéis da cidade):


- E o principal e melhor: temos bares e uma vida noturna bastante agitada, que vou ilustrar com o patrimônio de camobi: o boteco na locadora da faixa nova!


    Vale a pena conhecer a cidade. Ela tem um tempero diferente, trazido por pessoas de diferentes lugares e culturas, que transforma a cidade em algo raro. Melhor ainda é poder vivenciar o dia a dia daqui e conviver com tudo de diversificado que há aqui. Na minha memória, levo muito afeto daqui, e a certeza que esse tempo valeu a pena.




terça-feira, 25 de novembro de 2014

Notas à Mariéle



   Hoje sonhei contigo a noite toda, e era assim que tu estava: linda, sorridente e feliz... Estava bem! No sonho, me questionavam como tu poderia estar aí, mas eu tinha certeza absoluta que era tu. Acordei bem, com a sensação de que realmente estive contigo. Obrigada por vir me visitar, estava com muita saudade! Assim que der, prometo ir te visitar - no teu santuário, no que ainda nos resta de ti - para retribuir. Estou falhando nessa tarefa, eu sei... Mas também sei que tu está sempre comigo e entende esta ausência. Obrigada pelo conforto neste momento tão intenso para mim. Não sei se foi obra tua ou do meu inconsciente, mas de qualquer forma, era tudo o que eu precisava.
   Mari, querida... Não era assim que eu queria aprender como é a ausência de alguém. Não contigo. Mas, infelizmente, faz parte da vida. E 5 anos sem ti já se passaram rápido demais. Quem sabe um dia a gente se encontra, e eu possa puxar tua orelha por não estar aqui para presenciar o que tu tanto queria para mim - e ter visto dar certo! Me espera, que eu sei que do lado de lá o tempo é uma pluma, enquanto o daqui é tão denso. Só guarda meu lugar, que o teu, no meu coração, está devidamente preservado e alimentado.

Canadian Visa: checked!



    Eis que depois de dois meses, a resposta do meu futuro chegou!!! 
Parece que tive azar, pois a maior parte das pessoas que foram para o Canadá tiveram a resposta do visto bem rápido. O visto do Carson chegou logo, e quando chegou o dele pediram documentações adicionais do meu, como comprovação do financiamento no período da estadia e maiores comprovações da união com o Carson, já que o pedido foi de visto familiar. E aconteceu um atraso por um motivo muito banal: quando estes documentos foram enviados, o consulado não recebeu. Porém, apenas percebemos isso quando o prazo terminou e, ao entrar em contato com eles, eles alegaram este não recebimento. Atrasou no mínimo 2 semanas na resposta. Depois da garantia do recebimento, foi bem rápido -enviamos na terça, eles receberam na sexta e responderam na terça.
    O processo de solicitação do visto é relativamente simples, mas para ter maior garantia contratamos uma empresa para fazer isso por nós. Contabilizamos que se algo desse errado, a taxa do consulado seria bem maior do que o valor que a empresa solicitou. Além disso, foi muito tranquilo. Eles solicitaram a lista de documentos, enviamos a eles, eles enviaram todos os formulários preenchidos para assinarmos e depois avisaram a resposta. Para quem está sem tempo ou cabeça, ou quer maior tranquilidade, recomendo! A empresa que contratamos foi a Sul Vistos, de Porto Alegre, e gostei bastante dos serviços deles. Sempre que entrei em contato tive respostas super rápido, e eles tinham contato direto com o consulado, o que não consegui por mim (quando tentei entrar em contato com o consulado, eles avisaram que não poderiam dar respostas do processo, que era sigiloso). Enfim, não me arrependo dessa escolha. Saiu um pouco mais caro (cerca de 200 reais) mas me poupou muito tempo e preocupação, que deixei para gastar em outras coisas da viagem (e te falo em coisas!).
    Agora os próximos passos são terminar as malas e iniciar o período de despedidas. E essas últimas serão longas, visto que não é apenas uma mudança de cidade/país, mas é um período da minha vida que se encerra. Sair de Santa Maria é declarar o fim de qualquer transição - agora sou adulta, casada (confesso que essa percepção me assustou bastante) e qualquer consequência, boa ou ruim, é minha. Quem disse que seria fácil, né?! Só espero que todo este esforço valha a pena, e que eu possa encontrar no Canadá o conforto e oportunidades que Santa Maria não me oferecem mais. Foi bom, foi difícil e foi recompensador. Mas agora preciso de mais - não caibo mais aqui, nem a cidade me quer mais. E a escolha não foi por acaso. Houve um processo longo e exaustivo, que se iniciou há 2 anos, na procura de um local que pudesse oferecer as oportunidades que procuramos e que pudesse nos acolher com todos os sonhos e marcas da vida. Foi aí que chegamos ao Canadá e, posteriormente, a Halifax. E aqui a foto que fez com que eu me apaixonasse pela cidade:

 
Lindo, não?! 
Minha meta é chegar ali e (tentar) tirar uma foto de bombacha, camiseta do Rio Grande do Sul (ou do Grêmio) com a cuia na mão. Duvida? Então continua acompanhando minha aventura que aposto que vai ser (no mínimo) interessante e engraçada!


sábado, 22 de novembro de 2014

Novos horizontes



Desde a última postagem, muita coisa aconteceu em minha vida. Digamos que passei por uma grande turbulência, que me tirou qualquer criatividade em escrever ou motivação de compartilhar qualquer sentimento - até porque a maioria não era digno de compartilhamento. A luz no fim do túnel veio com uma nova vida, que começou a ser planejada há dois anos, mas só agora se concretizou - e com direito a tudo novo, principalmente endereço!
  A mudança de rumos já tem dia marcado - dia 28 de dezembro de 2014. Este é o dia estampado na nossa passagem a Halifax/Canadá. Isso mesmo, a neve nos espera!!
  Eu e meu noivo estamos indo de mala, cuia e erva mate para lá em função do doutorado sanduíche dele. O ciências sem fronteiras está nos proporcionando uma experiência que a princípio será de um ano, mas com desejo de que se estenda por toda a vida. Para mim, tudo será uma aventura. Vamos com a certeza do estudo dele e com muitas expectativas em relação à mim, mas nada certo, apenas a cidade e a vontade de respirar novos ares.
  Estou na fase de pesquisar sobre a cultura, clima e hábitos locais. Nada tenho de concreto ainda, mas utilizarei este blog para descrever cada novo aprendizado por lá, além de compartilhar fotos, dicas e experiências.
  Os novos posts já serão sobre isso, e a partir de agora convido a quem se interessar a embarcar comigo nessa nova aventura e desbravar terras novas a fim de adquirir novas amizades, lembranças e experiências. Vamos nessa??